Idiomas:

Noticias

19 Junho, 2020 / Oblatas
Rede Oblata destaca o tema saúde mental no lançamento do podcast Grito Mulher
  • Queremos ampliar o som dos gritos abafados, revelar as vozes silenciadas das mulheres. Esta é a missão Oblata indo além das fronteiras virtuais.

Os podcasts têm se configurado como recurso de aprendizagem e disseminação da informação. Com o intuito de ampliar a sensibilização da sociedade, e também facilitar o consumo de conteúdo inédito e de qualidade, a Rede Oblata Brasil lança o podcast Grito Mulher, trazendo no episódio de abertura o tema Saúde Mental das Mulheres. A psicóloga Isabel Brandão, que atua na Rede Oblata em Belo Horizonte, Unidade Diálogos pela Liberdade, é convidada para compartilhar conhecimento e trazer um pouco da sua experiência no atendimento às mulheres que exercem a prostituição em situação de vulnerabilidade social.

Mas afinal, o que é saúde mental? As mulheres são mais afetadas? Quarentena, e agora? Essas são algumas perguntas que revelam os temas debatidos no podcast, com direito a um depoimento tocante e empoderador da Michelle, atendida pela Rede Oblata.

A proposta é trazer conhecimento, questionar e instigar mais diálogos sobre assuntos que impactam a vida das mulheres, tais como: invisibilidade e vulnerabilidade social, prostituição feminina, estigma e violações de direitos, enfrentamento ao tráfico de mulheres com fins de exploração sexual, empoderamento, empatia, enfrentamento à violência contra a mulher, acesso à rede socioassistencial, práticas socioeducativas, saúde integral, espiritualidade, defesa e garantia dos direitos humanos das mulheres, dentre outros.

E, rememorando o Papa Francisco, que pede à Igreja para abraçar novas fronteiras de missão, rumo às periferias existenciais, esta iniciativa de comunicação com a sociedade fortalece e espelha o carisma da Congregação das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor. Pautado no seguimento a Jesus, este carisma “sensibiliza, capacita e é força que impulsiona a orientar todas as potencialidades pessoais em favor desta missão, que nos compromete na defesa de direitos, na busca das oportunidades de promoção e inclusão. Isso leva a superar as aparências e os estigmas sociais para se fazer acolhida e respeito para com as mulheres mais vulneráveis em sua dignidade, onde se descobre o reflexo de Deus. Em meio às adversidades e conflitos, faz prevalecer o poder transformador da compreensão, do amor e da esperança”.

Apoiada na experiência da missão, na realidade que vivenciamos e no processo de escuta ativa, Isabel traz uma reflexão, ressaltando que “a humanidade, como um todo, está clamando por cuidado”. E acrescenta: “como nós, mulheres, hoje estamos colocadas no mundo? Pelo simples fato de sermos mulheres nós podemos ser assassinadas. Então, será que isso gera algum tipo de instabilidade e insegurança que nos adoece mais que os homens?”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, estudos revelam que mulheres estão mais propensas ao diagnóstico de depressão do que homens. Isso pode estar relacionado a fatores como sobrecarga de trabalho, mudanças hormonais e outras questões sociais.

É preciso parar, escutar e somar forças na luta por justiça social, na construção de um mundo melhor para todas e todos. Acompanhe e compartilhe o podcast Grito Mulher!

Escutar no Spotify:
Episódio #1: https://bit.ly/saudemental-gritomulher

Escutar no Soundcloud:
https://soundcloud.com/rede-oblata-brasil


 

Galería de imágenes

Volver
Destaque
Comunidades oblatas em vários países
Artigos, estudos e novidades
de nossas irmãs e leigos
Mulheres que acompanhamos
NEWSLETTER
Assine nossas Novidades para receber notificações

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.

CERRAR